Quem disse que gordura não pode?

Ela é essencial para organismo, no entanto, escolha as melhores:

 

Gordura pode?

Todos os alimentos em Nutrição são divididos, classificados e constituídos como:

  • Carboidratos
  • Proteínas
  • Lipídios
  • Vitaminas
  • Minerais
  • Água

Alguns contém mais carboidratos, outros contém mais proteínas e outros são essencialmente à base de minerais e outros de água. Essa classificação envolve a composição química do alimento, as cadeias carbônicas e outros elementos associados à elas e são estes nutrientes que mantém a função de todos os órgãos internos, todas as células e a vida.

Os lipídios, são popularmente conhecidos como gorduras e eles são essenciais para o desenvolvimento corporal e para o cérebro. Acredite ou não, a gordura pode sim ser consumida. No entanto, é fundamental entender as diferenças entre elas que envolvem a qualidade e a quantidade consumida.

Enquanto carboidratos e proteínas possuem 4 calorias por grama, 1 grama de lipídio possui 9 calorias. Dessa forma, as gorduras são mais densas e sua digestão é mais lenta. É necessário consumir a quantidade adequada para não sobrecarregar o organismo e contudo, não engordar.

Entretanto, o consumo de gordura ajuda na nutrição da pele, das articulações e do cérebro. Com a idade, o corpo tende a perder boa parte da estrutura corporal e as gorduras podem ajudar muito nesse processo.

Hoje falarei de cada uma das melhores fontes (naturais) de gordura que podemos consumir:

Esta aí ele que foi o grande vilão das refeições no passado. Ovo é constituído de gordura de origem animal, por isso os ovos são muito nutritivos, contém diversos aminoácidos que são importantíssimos para o organismo. Além de diversas vitaminas, o ovo possui colina, que ajuda na comunicação entre os neurônios e é um grande alimento em doenças como a esclerose múltipla. Ele é também indispensável para os idosos. Os orientais comumente utilizam os ovos para tonificar as funções dos rins e também o utilizam para acalmar a mente.

Cacau

bolo de cacau

O cacau em pó é cada vez mais consumido pela população e pode sim ser um ingrediente presente na sua cozinha. De sabor amargo, o cacau beneficia o coração e também estimula a produção de serotonina, o hormônio do prazer. Tá explicado o amor pelo chocolate. Por isso dê preferência para o chocolate amargo, com maior quantidade de cacau ou então acrescente nas suas frutas e receitas.

Peixes

posta de salmão

Os peixes são ricos em ácidos graxos e a maioria deles possui ômega 3. O omega 3 pode fazer muitas coisas no organismo como favorecer a limpeza das artérias, nutrir o cérebro e gerar saciedade. Costumo indicar os peixes para aqueles que estão em fase de extremo cansaço físico ou mental. Na visão da medicina chinesa, os peixes nutrem os rins e podem contudo, nutrir os ossos por também serem ricos em minerais.

Sementes Oleaginosas

sacas de semente

Estas famosas sementes (nozes, castanhas, amêndoas..) estão infelizmente cada dia mais caras, mas honestamente são indispensáveis para a nossa saúde. Nutrem a pele, as unhas, favorecem o fígado e ainda contribuem com o omega 6 e 9 pois podem melhorar o colesterol ruim (LDL) e prevenir o envelhecimento celular.

Azeite

azeite

Nutricionalmente o azeite é muito parecido com as sementes oleaginosas também. Ele é rico em omega 6 e 9, é mais leve que os demais óleos vegetais e promove a saúde cardiovascular.

Abacate

Esta aí uma fruta fantástica, rica em vitaminas, minerais e também lipídios. O abacate contribui para a saúde celular, melhora a pele, as unhas e as articulações.

Coco Verde

 

coco verde

O coco além de possuir lipídios que ajudam na nutrição do organismo possui diversas vitaminas e minerais como o potássio. Fortalece o sistema imune e é um grande antioxidante.

Ainda precisa de ajuda?

Para finalizar quero deixar claro algo muito importante, a quantidade de gordura consumida ao longo do dia pode sim, engordar. Em quem faz o cálculo para saber exatamente quanto você deve comer é a nutricionista, esse é o sagrado trabalho delas (ou deles!). Quero aqui informar você e te ajudar caso você se sinta perdida ou confusa na hora de comer e melhorar a sua relação com o corpo e com o alimento. Isso acontece com muitas pessoas. Não se assuste. Meu trabalho é justamente te orientar nesse processo. Conheça meu programa de consciência alimentar: Terapia na Mesa.

Viu? Agora ficou mais fácil aceitar as gorduras na mesa. Lembre-se de que os lipídios saciam rapidamente então, respeite seu corpo e a sua fome.

Open chat